terça-feira, 7 de abril de 2015

COMPREENDER PARA VIVER MELHOR

Olá...

Boa tarde,

 Através desse texto, encontrado na internet, venho deixar algo para refletir:  Reclamar é tão fácil!  Realmente, reclamar, julgar, apontar os erros é tudo muito fácil e simples. Mas como viver uma vida de reclamações, será que isso esta sendo fácil para você? Para mim ? Porque tantas reclamações? Porque tantos dedos apontados para nossa vida, ou mesmo para a vida do nosso próximo?  
  Algumas vezes nos deixamos levar pelas críticas, pelos aborrecimentos na vida emocional, profissional, ou qualquer que seja, e muitas vezes não procuramos saber os motivos, simplesmente deixamo-nos cair nas armadilhas da vida, nos entregamos a isso, não é?  Mas porque, ao invés de nos aborrecermos, não usamos isso para o bem? Como o bem?  O bem para nosso crescimento, para nos fortalecer, afinal, receber uma crítica, mesmo que ruim, pode afetar o seu ponto fraco, mas com isso transformar esse ponto fraco em algo forte e de muita utilidade, criando assim, uma barreira para enfrentar os desafios constantes na vida cotidiana.
E o Perdão?  Você é capaz de perdoar seu irmão? Perdoar não por ele merecer, mas sim para que fique em Paz consigo mesmo, Perdoar além do que se espera de si mesmo, Perdoar de coração, de alma limpa...
  Na vida á mais pessoas sendo julgadas e condenadas do que sentimentos e amores doados.      
                                                                           (Jamily Borgahrdt)


 Vejamos o Texto :
                                         Como reclamar é tão fácil! 


Retribuir o mal, apontar os defeitos alheios, falar palavrões no trânsito, destratar e humilhar a pessoa que está próxima a nós, punir os filhos, tratar com falta de respeito e amor o cônjuge, cobrar e exigir do governo...
A lista que vamos formando é muito longa, demonstrando o quanto é curta nossa compreensão, paciência e entendimento das coisas.
Tantas pessoas dizem que compreensão é sinal de fraqueza, que é preciso pagar na mesma moeda, bateu levou. Que pena que pensam assim!
Reagir com raiva, mágoa, fúria ou crítica é muito fácil, não precisa nem ter muita coragem; qualquer um faria o mesmo. Mas tentar compreender e agir com bondade e paciência é um grande desafio.
É necessário abafar nosso orgulho, nossa prepotência, nossa raiva, nossa frustração, nosso amor próprio ferido...
Devemos ter em mente e coração o exemplo que Jesus nos deixou, Ele sendo Deus reagiu aos maus tratos e as humilhações que sofreu com amor e perdão.
Será que nós seríamos capazes de seguir pelo menos uma parte do exemplo que Jesus nos deixou?
Seríamos capazes de praticar a aceitar aquilo que não podemos mudar?
E ter a certeza que Deus nos guiará sempre?
Pode parecer impossível, mas é um grande sinal, que se nós como seres humanos, criados a imagem e semelhança de Deus, conseguirmos superar todos os desafios que nos são apresentados, e se tivermos a capacidade de perceber que por trás de tanta frieza, encontramos uma inteligência vazia de valores.
Compreender que por trás de um agressor geralmente há uma mente perturbada, intranquila, e um coração carente de amor e de afeição, e por trás de tanta crueldade, maldade e desprezo, há um ser humano que não conhece a paz interior, nem a felicidade e, cuja consciência jamais se torna serena.
Pode ser difícil, mas não é impossível. Basta deixarmos nosso egoísmo, ter compaixão e compreensão para com as fraquezas alheias. Se Deus não usasse de compreensão e misericórdia já teria desligado o mundo...
Postar um comentário